1 Zolohn

Magazine Voce Case Study

Making The Missing Voice (Case Study B)

By Janet Cardiff, Lethbridge, September 1999

Sometimes I don't really know what the stories in my walks are about. Mostly they are a response to the location, almost as if the site becomes a Rorschach test that I am interpreting. For me The Missing Voice was partly a response to living in a large city like London for a while, reading about its history in quiet libraries, seeing newspaper headlines as I walked by the news stands, overhearing gossip, and being a lone person getting lost amongst the masses. Normally I live in a small town in Canada, so the London experience enhanced the paranoia that I think is quite common to a lot of people, especially women, as they adjust to a strange city. I was trying to relate to the listener, the stream of consciousness scenarios that I invent all of the time in my mind as I see someone pass or walk down a dark alley. It is one of my frustrations and entertainments to constantly have these alternative visions and voices, quite often scary or violent, running through my brain as I encounter the simplest of realities. I think it is a desire to dramatize my life, make it real by making it filmic or probably the result of reading too many detective novels or watching too many movies.

Part of my process for this piece was to walk around and take notes on my mini voice recorder. While relistening to these notes in my apartment I realized how this voice became another woman, a different character from myself, a companion of sorts. Also this voice seemed metaphorically to represent how we all have multiple personalities and voices. I saw the woman in the story as being alienated from her own self, but searching for herself through this voice, play-acting, creating false dangers and love affairs, wanting her own story dramatized. At the same time her "voice over" the one that speaks in the third person removes her from the story, keeps her at a safe distance.

Perhaps it is the nature of the walkman as a medium, but most often the stories I use are about the difficulties of relationships and real communication. I see the device of the walkman as a way to have surrogate relationships. I talk with some­one intimately, create a relationship, but I am at a safe distance. It is a coward's way but I hope that my pieces give people a sense of knowing someone a little, even if it is only with a unknown voice, a missing one.


Image: Janet Cardiff, The Missing Voice (Case Study B), 1999. Photograph: Gerrie van Noord

Quem é que não alimenta o sonho de fazer sucesso?
Quem é que não planeja ganhar bastante dinheiro e garantir um bom futuro?

Todo mundo tem esse sonho. Mas muitos não sabem por onde começar.
Nós vamos te falar da onde se começa: do COMEÇO!

E o Magazine Você quer te ajudar na possibilidade de conquistar a estabilidade financeira, aliada à liberdade de quem sempre quis fazer seus próprios horários.

São muitas as histórias de pessoas que acreditaram em si mesmas, e no Magazine Você, e hoje são colecionadores da realização de alguns sonhos que já se tornaram possíveis!

 

  “Com muito trabalho, realizei vários sonhos como trocar de imóvel e comprar um carro, além de muitos prêmios como TV, XBOX, barbeadores. Tem sido uma alegria   imensa, afinal, trabalhando em casa tenho mais tempo para minha família, estudo e   diversão. Tudo de bom, não é mesmo?”

Bruno Sousa – Divulgador do Magazine Celestial http://mvoce.com/1ANWAjg

 

“Comecei a divulgação em minhas listas de emails e rede social, onde tive ganhos muito bons. Isso me levou a ter uma dedicação maior ao negócio, fazendo com que conquistasse o ranking de melhor divulgador e ganhasse ótimos prêmios de incentivo. Estou muito feliz e tenho recomendado para todos que buscam um oportunidade.” - Mateus Malheiros - Divulgador do Magazine Oferta Prime http://mvoce.com/1sYJRwk

“A plataforma é muito boa e o usuário tem controle total sobre as vendas. Ganhei diversos prêmios pelas vendas que eu fiz, como TVs, HD externo, câmera fotográfica, smartphone, além de ter viajado para SP para conhecer o escritório do Magazine Luiza. O Magazine Você tem me ajudado bastante, só tenho a agradecer.” - Rodrigo Scariot – Divulgador do Magazine Rodrigo http://mvoce.com/1CBsDFh

Com isso fica mais claro para você, que já se cadastrou mas acabou desanimando, ou para quem ainda não abriu a sua loja: É possível ganhar dinheiro SIM! E o Magazine Você pode te ajudar nisso.

Uma em um milhão de pessoas enriquece porque ganha na loteria, ou porque descobre que é herdeiro de um tio rico que faleceu e deixou tudo para o único sobrinho que nunca conheceu.

A verdade é que para alcançar esse tão sonhado sucesso, e garantir um futuro tranquilo, é necessária uma única palavrinha mágica: TRABALHO!

Basta que você entenda como funciona esse magnífico canal de vendas do Magazine Luiza (clicando aqui). E depois de criar sua loja, você já pode começar a vender MUITO. Divulgando os produtos e suas vitrines para os seus amigos, contatos de email, redes sociais e o famoso boca-a-boca! Existem diversas formas de você divulgar sua loja e aqui no nosso blog você encontra várias dicas ótimas pra que sua loja também seja um SUCESSO!

Veja só esses outros posts:

Criei minha loja, e agora?

Dicas para vender no Facebook.

Porque usar o email marketing?

Quem sabe o próximo depoimento não é seu?
Boas vendas!

Compartilhe

Tags

comissãocomo ganhar dinheirocomo ganhar dinheiro pela internetdepoimentosdinheirodivulgadordivulgadoreslucrorenda extrasucessovendas

Leave a Comment

(0 Comments)

Your email address will not be published. Required fields are marked *